AMEG Página Inicial

NOTÍCIAS


22-01-2022

Ameg realiza 182ª assembleia e discute leitos Covid-19






A Associação Pública dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande – Consórcio AMEG realizou na última quinta-feira (20) em sua sede em Passos a 182ª Assembleia Geral Ordinária. Em destaque na pauta, a explosão de casos confirmados de Covid-19, a necessidade de abertura de novos leitos de UTI para a região. Na ocasião o novo presidente da entidade, Filipe Carielo, apresentou a proposta de criação de uma Usina Fotovoltaica para a AMEG e a criação de frotas de carros elétricos para transporte de pacientes que fazem tratamento fora de domicílio. Outra proposta apresentada durante o encontro foi a criação do Prêmio de Boas Práticas em Gestão na Microrregião do Médio Rio Grande.

A primeira assembleia conduzida pelo novo presidente do Consórcio AMEG, o prefeito de Carmo do Rio Claro, Filipe Carielo, em função do aumento de casos de Covid-19 e Influenza foi restrita aos prefeitos, convidados, representantes da Superintendência Regional de Saúde e das Santas Casas de Passos e de São Sebastião do Paraíso.

Em sua fala o presidente da AMEG questionou os representantes da Santa Casa de Passos sobre quais as possiblidades de mobilizar novamente leitos de UTI COVID-19 que foram fechados e que precisam ser reabertos de forma imediata. “Compreendendo que o hospital desmobilizou leitos por causa da ausência de pacientes em outro momento e considerando que no momento atual a região está precisando novamente desses leitos e que há uma situação de gravidade, do que a Santa Casa precisa e em quanto tempo efetivaria essa reabertura? Essa é a nossa pergunta. De nossa parte buscaremos os entendimentos junto à regional de saúde e já marcaremos uma reunião urgente com a Secretaria de Estado de Saúde e os deputados que atuam na região para que as condições que as santas casas precisam para abrir os leitos sejam atendidas pelo Governo de MG”, explicou Carielo.

Conforme os representantes das Santas Casas presentes as diretorias das entidades vão se reunir ainda este final de semana para definirem quando os leitos de UTI Covid-19 solicitados pelos prefeitos já estariam disponíveis. Os prefeitos presentes se comprometeram a contribuir financeiramente, caso seja necessário o aporte de recursos para manutenção dos novos leitos.

Além da abertura dos quinze leitos de UTI que devem ser disponibilizados pelas Santas Casas de Passos e São Sebastião do Paraíso, a mobilização do presidente da AMEG também resultou na oferta por parte do prefeito de Boa Esperança, Hideraldo Henrique Silva, de mais seis leitos, ainda que o município não seja pertencente à micro ou à macrorregião da AMEG.

Além da oferta dos seis leitos de UTI para os municípios da AMEG, o prefeito Hideraldo apresentou sua proposta como candidato à presidente da Associação Mineira de Municípios – AMM. “Nós acreditamos num jeito de fazer política que envolve muita conversa, articulação, respeito e bom senso, só assim nós conseguimos união e avanços para nossos municípios. Nós estamos buscando o consenso para estarmos todos juntos na mesma proposta que é a do municipalismo, da união de nosso Estado de Minas Gerais, para termos a força necessária dentro do Governo do Estado e também dentro da União. Eu quero pedir a cada um de vocês prefeitos e prefeitas, o seu voto, a confiança de vocês. Eu queria contar com o voto de cada um de vocês aqui da AMEG, com o apoio incondicional da AMEG para que possamos juntos fazer uma grande diferença à frente da AMM”, comentou.

O Prefeito de Piumhi, Dr. Paulo Vaz, sugeriu à regional de saúde a realização de um estudo comparativo levando em consideração os índices de ocupação de leitos clínicos e de UTI Covid-19 nos períodos mais agudos da pandemia, considerando as cepas mais contagiosas do vírus, para que se busque uma previsibilidade da necessidade de leitos em função do aumento de casos que necessitem de internação. O prefeito de Capitólio, Cristiano Geraldo Silva, agradeceu o apoio e a solidariedade dos prefeitos da região por ocasião do acidente que vitimou dez pessoas nos Cânions de Capitólio. Em sua intervenção o prefeito de São José da Barra, Paulo Sérgio Leandro de Oliveira, também agradeceu aos prefeitos que confiaram em seu mandato cumprido em 2021 à frente da AMEG e desejou boa sorte à nova diretoria da qual também é membro. O prefeito de Guapé, Nelson Lara, salientou a importância das santas casas para os municípios e que é sim muito importante apoiá-las quando se fizer necessário.

Novos projetos para a AMEG

A nova diretoria se comprometeu a dar sequência nos projetos já em andamento no Consórcio AMEG, em especial o Serviço de Inspeção Municipal Consorciado – SIMC e o Castramóvel. Como iniciativa do novo presidente da AMEG, Filipe Carielo, foram propostas a criação da Usina Fotovoltaica da AMEG e a implementação de um projeto de transporte com carros elétricos, para atendimento a pacientes que fazem tratamentos fora de domicílio. “Esse projeto das frotas de carros elétricos geraria uma economia muito grande com combustível e com manutenção já que o veículo elétrico tem uma manutenção menor. Com a usina fotovoltaica também haverá uma economia muito grande, além é claro, da contribuição na redução de emissões de carbono em nossa região”, comentou.

Foco especial foi pedido pelo presidente ao Setor de Licitações da AMEG para que sejam abertos o máximo de processos de compras compartilhadas para os municípios. Os processos já concluídos tem representado uma grande economia para os municípios já que os preços unitários de objetos comuns licitados tendem a cair consideravelmente em função da escala e também pelo interesse de mais fornecedores de produtos e serviços que concorrem entre si.

Outra proposta apresentada durante a 182ª Assembleia Geral Ordinária foi a criação do Prêmio de Boas Práticas em Gestão na Microrregião do Médio Rio Grande que poderá premiar tanto o poder público como a iniciativa privada. “Nós queremos incentivar os municípios a buscarem a modernização de suas gestões para que busquem novas ferramentas, sistemas e atualizações com o fim de melhorar os serviços disponibilizados para a população. Neste sentido, o prêmio vem muito a calhar”, explicou Carielo.

Marcaram presença na assembleia as prefeitas de Delfinópolis e Pratápolis. Também estiveram presentes os prefeitos de Capetinga, Capitólio, Carmo do Rio Claro, Fortaleza de Minas, Guapé, Ibiraci, Itaú de Minas, Passos, Pimenta, Piumhi, São João Batista do Glória, São José da Barra, São Sebastião do Paraíso e como convidado especial o prefeito de Boa Esperança.








VOLTAR